Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/05/21 às 10h10 - Atualizado em 11/05/21 às 10h21

Pagamento de auxílio a taxistas e transporte escolar inicia segunda

COMPARTILHAR

Cerca de 4 mil pessoas receberão a 1ª parcela do ‘Mobilidade Cidadã’, no valor de R$ 600. Taxistas devem confirmar, neste domingo, se estão incluídos

 

O benefício foi criado por meio de parceria entre as secretarias de Desenvolvimento Social; de Economia; e de Transporte e Mobilidade, para minimizar os impactos da pandemia da covid-19 junto a taxistas e motoristas de transporte escolar.

 

Na primeira fase do programa, serão contemplados com o benefício, no valor de R$ 600, um total de 3.954 profissionais do setor. Em seu primeiro momento, o Mobilidade Cidadã vai atender aos taxistas devidamente cadastrados, em 31 de Janeiro de 2020, no Cadastro de Permissionários/Concessionários da Semob, bem como os proprietários de veículos escolares regularmente registrados, em 31 de Janeiro de 2020, no Detran/DF.

Os 2.617 taxistas contemplados devem confirmar se são ou não beneficiários do programa, a partir do meio-dia deste domingo (9) no site gdfsocial.brb.com.br | Foto: Agência Brasil

 

Para os 1.337 proprietários de veículos escolares que já possuem o cartão do Programa, pois participaram da primeira fase do Mobilidade Cidadã, em 2020, o crédito da primeira parcela da nova fase será creditado, na segunda-feira (10), no período vespertino.

 

Já os 2.617 taxistas devem confirmar  se são ou não beneficiários do programa, a partir do meio-dia deste domingo (9) no site gdfsocial.brb.com.br. Para a consulta, o beneficiário entrará com o CPF e a data de nascimento, e o sistema apresentará o status do benefício.

 

Caso sejam beneficiários do Mobilidade Cidadã, os taxistas deverão comparecer a qualquer agência do BRB, na segunda-feira, portando CPF e documento oficial com foto, para saque do benefício.

 

O novo auxílio faz parte do programa Mobilidade Cidadã, que foi implementado pelo GDF em 2020, e que beneficiou mais de 3,2 mil motoristas de transporte escolar e de turismo. Ao todo, o investimento feito pelo governo local foi de aproximadamente R$ 10 milhões.

 

“É um benefício não só para os taxistas e motoristas de transporte escolar, mas também para pequenas e grandes empresas, que também serão beneficiadas”, André Clemente, secretário de Economia.

Impulso ao comércio local

 

A nova etapa de apoio às categorias foi sancionada pelo governador Ibaneis Rocha no último dia 27 de abril. Na ocasião, também foi anunciado o envio de um projeto de lei para a Câmara Legislativa com um auxílio específico para o setor de transporte de turismo.

 

Segundo o secretário de Economia, André Clemente, além da importância social, o benefício também servirá como impulso para o aquecimento dos comércios locais. “É um benefício não só para os taxistas e motoristas de transporte escolar, mas também para pequenas e grandes empresas, que também serão beneficiadas”, destaca Clemente.

 

O programa é operacionalizado pelo BRB. Os recursos já foram repassados pela Secretaria de Economia para a instituição financeira. “O BRB tem orgulho de participar da operacionalização dos programas sociais do GDF e, assim, como banco público que é, atuar para fazer a diferença na vida das pessoas”, afirma o presidente do banco, Paulo Henrique Costa.