Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
3/03/22 às 20h18 - Atualizado em 3/03/22 às 20h19

Conheça as regras para concorrer às vagas do Berçário Buriti

A Secretaria de Economia (SEEC) divulgou as regras para participar do Programa de Atenção Materno Infantil (Proamis) e concorrer às vagas do Berçário Buriti, que será inaugurado no mês de março no Anexo do Palácio Buriti. Os procedimentos estão descritos no Edital 01, publicado no DODF desta quinta-feira (3).

 

As vagas para matrícula no berçário são destinadas às servidoras da administração direta do Governo do Distrito Federal. As interessadas podem se inscrever, a qualquer tempo, pelo link: https://sistemas.df.gov.br/PortalDeServicos/Login. Para acessar o sistema, basta utilizar o mesmo login e senha da rede interna do GDF.

 

“O berçário será uma grande entrega, um verdadeiro legado que mostra o nosso compromisso com a qualidade de vida de nossos servidores e suas famílias”, destaca o secretário de Economia, Itamar Feitosa. “O berçário é uma política de valorização do servidor e uma forma de protegermos as nossas crianças, neste período tão importante que é a primeira infância. O Proamis é uma política que valoriza a mulher, a família e a infância, que acolhe e reconhece as nossas servidoras”, acrescenta a secretária Executiva de Valorização e Qualidade de Vida (Sequali), da SEEC.

 

O fechamento da classificação para as turmas iniciais de inauguração será feito no dia 8 de março e a publicação do resultado da classificação em 9 de março, no site: www.proamis.df.gov.br.

 

De acordo com o edital, o Berçário Institucional é uma política pública para mulheres, destinado a atender as servidoras inscritas e classificadas no Proamis-DF e acolher seus dependentes após o período de licença-maternidade. A inscrição e a classificação da servidora no Proamis não constituem uma garantia de vaga.

 

CLIQUE AQUI E ACESSE O EDITAL!

 

A classificação será realizada com base na pontuação obtida por meio de participação nos cursos e palestras oferecidas pelo Proamis. Cada hora aula dos cursos ou palestras, vinculados ao programa e certificados pela Escola de Governo do Distrito Federal (Egov) equivale a 1 ponto. A servidora precisará ter, no mínimo, certificação de uma palestra equivalente a 1 ponto para ter direito a concorrer à vaga e ser classificada. A classificação será feita na ordem decrescente de pontuação.

 

As servidoras já classificadas que adquirirem novos pontos, por meio da realização de cursos ou palestras terão direito à reclassificação, que será publicada no site oficial do Programa no último dia útil, do respectivo mês da inscrição. A reclassificação servirá para disputa de novas vagas.

 

As inscrições realizadas serão homologadas e o resultado da classificação divulgado no site oficial do programa www.proamis.df.gov.br.

 

O berçário vai atender até 60 crianças com idade entre 6 e 24 meses completos, que sejam dependentes das servidoras da administração direta. Serão destinadas até 20% das vagas às servidoras com deficiência.

 

Quando houver vaga disponível para ingresso no Berçário Institucional, as primeiras servidoras da lista classificatória serão convocadas pela ordem para matrícula conforme a vaga disponibilizada.

 

Após a convocação, é necessário o preenchimento do formulário de solicitação de matrícula nova, no site Proamis, realizando o upload da documentação exigida no edital. A desistência pela servidora da vaga ofertada a impede de fazer novo pedido para o mesmo dependente.

 

Aquelas que foram convocadas para matrícula precisam ficar atentas aos prazos, pois quando não houver resposta à convocação, no prazo de cinco dias úteis, a vaga será disponibilizada para a próxima servidora classificada na lista.

Governo do Distrito Federal