Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
22/09/20 às 14h44 - Atualizado em 22/09/20 às 16h52

Secretaria de Economia agora é 100% digital

COMPARTILHAR

Só no portal da Receita, que concentra a maior parte dos serviços, são cerca de 430 serviços on-line

 

A notícia já seria boa. Mas, em tempos de pandemia, é ainda melhor. Todos os serviços oferecidos pela secretaria de Economia à população estão disponíveis on-line. Ou seja, o cidadão não precisa mais sair de casa para resolver pendências com o governo. Basta acessar o computador, celular ou tablet. 

 

Só no portal da Receita, que concentra a maior parte dos serviços, são cerca de 430 serviços on-line. Os mais acessados pelos cidadãos são os relacionados a IPTU e IPVA. Já para pessoas jurídicas, os mais procurados são os processos relacionados a ISS e ICMS. Além deles, serviços pertinentes ao Microempreendedor Individual (MEI) e ao Nota Legal também são campeões de acesso.

 

Oferecer todos os serviços por meio digital é um grande passo para dar mais conforto e rapidez ao cidadão, que pode acessar os serviços de sua casa. “É um importante avanço, especialmente em uma época de pandemia”, avalia o secretário de Economia, André Clemente. “Essa evolução significa oferecer um atendimento melhor e mais inteligente ao cidadão, além de gerar economia para o governo e mais qualidade de vida para os servidores”, acrescenta o secretário.

 

A secretaria de Economia reúne os serviços das antigas secretaria de Fazenda e Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão. Um passo importante para a transformação digital foi a unificação dos portais institucionais, que hoje estão no endereço único: economia.df.gov.br. A arquitetura da informação foi melhorada, agora com foco na experiência do usuário. E a navegação pelo site foi otimizada, o que a deixou mais fácil, intuitiva e objetiva.

 

O processo de transformação digital já estava em curso, como uma meta do Governo do Distrito Federal (GDF). A pandemia antecipou este processo em, pelo menos, três meses. Mesmo com a agências da Receita fechadas pela necessidade de isolamento social, os cidadãos podem ser atendidos acessando o site, com mais praticidade e segurança.

 

Todas essas mudanças tornam a Secretaria de Economia mais transparente, pois disponibilizam de forma fácil e rápida os dados da administração pública, em conformidade com a Lei de Acesso à Informação do Distrito Federal. O cidadão terá não apenas mais facilidade de navegar pelo site, mas sentirá também mais transparência e confiança ao gerar boletos e inserir dados cadastrais.