Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
25/05/20 às 12h33 - Atualizado em 25/05/20 às 12h33

Sai edital de bolsas de estudo para o 2º semestre

COMPARTILHAR

Elas são destinadas aos servidores efetivos e aos empregados da administração do GDF e à sociedade civil (ex-alunos de escolas públicas)

 

 

A comissão do Programa de Concessão de Bolsas de Estudos da Secretaria de Economia (SEEC) publicou, nesta segunda-feira (25), no Diário Oficial do Distrito Federal, edital referente ao processo seletivo para concessão de bolsas de estudo para o segundo semestre de 2020, junto ao Centro de Ensino Unificado do Distrito Federal (UDF). 

 

Como na edição do primeiro semestre, as bolsas são destinadas aos servidores públicos efetivos e aos empregados públicos do Distrito Federal – bem como à sociedade civil. Para este último grupo, é necessário ter cursado os três anos do Ensino Médio em escola da rede pública de ensino do DF, ter realizado a última edição do Enem e ter obtido média superior a 500 pontos, além de ter hipossuficiência de renda familiar. 

 

Ao todo, serão oferecidas 138 vagas – número referente a 10% de todas abertas nos cursos ofertados pela instituição, distribuídas aos servidores e empregados públicos e à sociedade civil, conforme disposto no edital. 

 

O secretário de Economia, André Clemente, comentou a importância do programa para o GDF. “Muitos servidores e alunos da rede pública de educação terão uma nova oportunidade a partir desta concessão. Essa iniciativa refletirá em melhorias nos serviços públicos prestados à população, com a capacitação de agentes do Estado, e também garantirá um futuro mais próspero a todos os contemplados”. 

 

Juliana Tolentino, presidente da Comissão de Seleção das Bolsas de Estudo, falou sobre a modernização do processo de inscrição. “Nesta edição do certame, o processo de candidatura e habilitação dos candidatos passou por uma inovação e será totalmente digital, realizado a partir do site da Escola de Governo do DF (Egov). Fizemos isso para trabalhar em menos tempo e em alinhamento com as medidas atuais de isolamento social”, disse Tolentino.

 

Para saber mais informações sobre as exigências e sobre o processo de inscrição, basta acessar este link. As inscrições podem ser feitas nos dias 8, 9 e 10 de junho. É necessário preencher o formulário eletrônico e anexar todos os documentos solicitados. O envio posterior de documentação não será aceito pela comissão. 

No link a seguir e possível acessar a íntegra do edital.