Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
22/04/20 às 21h22 - Atualizado em 22/04/20 às 21h22

GDF cria sistema de cadastro e agendamento para teste em massa para Covid-19

COMPARTILHAR

Com o registro prévio será possível reduzir aglomerações e elaborar estatísticas mais precisas

 

 

A partir de amanhã, 23 de abril, a população do Distrito Federal poderá contar com mais uma ferramenta no combate à pandemia de Covid-19: o TestaDF. Através dela, o cidadão poderá acessar um sistema e realizar o cadastro antecipado para participar da triagem na modalidade drive thru.

 

O sistema vai direcionar para um agendamento de acordo com o local de moradia, e ainda mostrar a quantidade de vagas disponíveis para o teste naquela data. Com o registro prévio será possível reduzir aglomerações e manter a ordem e controle dos testes. O sistema  também vai gerar dados estatísticos importantes para a Secretaria de Saúde, como ponto com mais registros de casos e faixa etária dos testados. Também será possível utilizar QRCode para confirmar o agendamento na triagem e conferir o resultado do exame.

 

O sistema poderá ser acessado a partir de hoje (22) pelo endereço testa.df.gov.br e é responsivo para smartfones.

 

Vale ressaltar que mesmo com o cadastro realizado de forma online, todos passam por triagem de temperatura realizada pelo Corpo de Bombeiros, que utiliza câmeras térmicas. Aqueles que não apresentam sintomas não fazem a testagem.

 

O sistema foi criado pela  Secretaria de Economia do DF – SEEC , por meio da Subsecretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação – SUTIC. Trata-se de um avanço em termos globais, tendo em vista que o Distrito Federal é um dos poucos lugares no mundo a utilizar ferramentas tecnológicas específicas para testes em massa.

 

Sistema de testagem em massa
O serviço está disponível de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, nos pontos determinados pela Secretaria de Saúde e a expectativa é de que mais locais sejam abertos nos próximos dias.

Para a triagem nos locais de testagem, é necessário levar documento de identidade, comprovante de residência e QRCode registrado no TestaDF.

 

É recomendado que a população utilize máscaras faciais desde a saída de suas residências, e que cada carro tenha, no máximo, quatro pessoas.