Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
7/09/20 às 17h30 - Atualizado em 11/09/20 às 10h42

Ainda há tempo de quitar impostos e participar do Nota Legal

 

IPVA: mais de 400 mil carros circulam sem ter quitado o imposto | Foto: Divulgação/Detran

 

O período regular para pagamento dos impostos sobre imóveis e veículos já se encerrou. Em agosto, venceu a última das quatro parcelas do IPTU, mas 314.888 proprietários ainda não fizeram a quitação. Por sua vez, 411.164 automóveis estão circulando no Distrito Federal sem ter pago todo o IPVA. A dívida total do IPTU é de R$ 442.507.542,14; a do IPVA soma R$ 333.436.896,95.

 

Neste ano, somando os valores referentes aos dois impostos, o GDF já arrecadou R$ 1.762.825.638,35. A expectativa inicial do governo era receber R$ 2.538.770.077,44. No entanto, no caso de 300.517 veículos e de 228.025 imóveis, não houve o pagamento de nenhuma cota.

 

Confira, abaixo, os números:

 

IPVA

 

– 855.025 veículos com imposto quitado

– R$ 968.518.875,45 arrecadados

– 164 automóveis com dívidas

– R$ 333.436.896,95 de débito

 

IPTU

 

– 630 imóveis com impostos quitados

– R$ 794.306.762,90 arrecadados

– 888 imóveis ainda com débitos

– R$ 442.507.542,14 de dívida

 

Nota Legal e regularização

 

Pessoas que não estiverem com os impostos em dia e quiserem participar dos sorteios do Nota Legal têm até esta segunda-feira (7) para regularizar as dívidas com o GDF. O sorteio será realizado em 27 de outubro, com R$ 3 milhões em prêmios.

 

Quem quiser regularizar sua situação pode acessar o portal da Secretaria de Economia, consultar débitos e fazer pagamentos. Como opção, os pagamentos podem ser parcelados em até 12 vezes no cartão de crédito. O contribuinte que optar por essa modalidade deve fazer simulações nos sites das empresas credenciadas – DatalinkVamos Parcelar e Zapay –, pois as taxas cobradas variam.

 

Feita a negociação de parcelamento, a empresa escolhida tem até 48 horas para repassar, integralmente, o valor dos tributos aos cofres públicos. Após esse prazo, a secretaria recomenda que o proprietário do veículo acesse o site ou o aplicativo para confirmar a quitação do imposto.

 

Consulte seus débitos e regularize a situação na página da Secretaria de Economia.

 

Fonte: ASCOM/SEEC